Posts Populares

Blogger news

Estou Lendo...

Quem Pensa Enriquece
O Caderno H
Nada é Por Acaso
Meu Skoob
Tecnologia do Blogger.

Quem sou eu

Minha foto
Curitiba, Paraná, Brazil
Apaixonada pela língua portuguesa, livros, música e culinária. Queria cursar letras, mas acabei entrando na faculdade de informática, área em que trabalho até hoje.

Seguidores

terça-feira, 22 de junho de 2010
Eu nunca gostei de palavrões. Mas devo confessar que a Rede Globo merecia uma porção deles!

A maneira como a emissora tenta manipular todo mundo é ridícula, mas desta vez eles deram um tiro no próprio pé!

Dunga tinha acabado de sair de um jogo difícil, onde até Kaká ficou nervoso e foi expulso: "Eu não tenho sangue de barata", como ele mesmo disse.

Aí o Dunga vai para uma entrevista, depois do estressante jogo, e no meio da resposta com relação a uma pergunta feita sobre o atacante Luis Fabiano o repórter da Rede Globo Alex Escobar, balança a cabeça dando a impressão de que estava discordando do que Dunga dizia.

A atitude do repórter incomodou o técnico que na mesma hora decidiu tirar satisfações, perguntando se tinha algum problema. Escobar desconversou dizendo que não estava nem olhando para o técnico.

Até aí tudo bem. Escobar não teve coragem de expor sua opinião e assumir que realmente balançou a cabeça porque discordou. Essa atitude deixou Dunga "p" da vida e soltou: "Burro, besta, cagão!".

A Globo editou e não deu pra ouvir esses "elogios", mas quem viu o vídeo sem edição deve ter ficado com vontade de rir, assim como eu. Até deu origem à TAG #EscobarCagão no twitter.

O pior de tudo foi a reportagem ridícula que a Rede Globo fez Tadeu Schmidt apresentar no Fantástico no domingo. Tentaram colocar o povo contra Dunga, mas não certo, conseguiram um CALA BOCA TADEU SCHMIDT, que teve repercussão ainda maior que o CALA BOCA GALVÃO.

Bom, pra quem acredita na desculpa de Escobar de que estava falando no telefone quando balançou a cabeça, aí vai o que o próprio escreveu em seu blog (e apagou em seguida) respondendo a um comentário:

"Caro, não persigo ninguém. E balançei a cabeça descordando do que ele dizia mesmo, só não estava olhando para ele. Não tenho que pedir desculpas e nem espero isso dele. Para mim, já passou."

E completou postando o seguinte:

"Sobre o episódio de ontem na coletiva de imprensa após o jogo, não pretendo fazer disso um tema de debate.
Estou aqui na África do Sul, feliz, trabalhando na Copa do mundo e de meia grossa para ver o Brasil campeão.
Teremos certamente assuntos mais relevantes para debatermos por aqui.
Agradeço aos solidários e respeito os contrários. Como não tenho a intenção de alimentar uma guerra, não publicarei comentários.
Conto com a compreenssão de todos."

E pra terminar, ele foi "cagão" sim e burro? Bem burro eu já não sei dizer, mas eu achava que um repórter pelo menos sabia escrever o português corretamente...

Escobar, não é "balançei" e sim balancei, não é "descordando" e sim discordando, e compreensão tem apenas um "S".

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget